Se seu filho está acima do peso e você só pensa em cortar as calorias que ele anda comendo, saiba que sua estratégia pode não ser bem sucedida. Segundo um informativo do Centros de Controle e Prevenção de de Doenças (CDC, sigla em inglês), nos Estados Unidos, manter o peso adequado não é uma questão de regime alimentar, mas de estilo de vida. Para a endocrinologista Cíntia Cercato, presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, o alerta dos especialistas americanos é importante.

“Além da dieta, existem outros hábitos que são importantes, como ser ativo e dormir bem”, afirma a endocrinologista, apontando outras situações corriqueiras que não ajudam no controle do peso: comer em frente à TV ou ao computador, não ter um lugar para fazer as refeições, a falta da refeição em família e a automatização de tudo, exigindo o mínimo de esforço físico de crianças e adolescentes. “A falta de limites é um problema, mas a falta de exemplo é muito pior. Os pais querem ver os filhos comendo salada, fazendo esporte, evitando refrigerante ou doces, mas não fazem o mesmo.”

 Conheça as recomendações do CDC para um estilo de vida saudável

 Reduza o sedentarismo: Limite a não mais do que duas horas o tempo que seu filho assiste TV, joga videogame ou navega na internet. Além disso, a Academia Americana de Pediatria recomenda que crianças menores de 2 anos não vejam televisão.

Ajude seu filho a se manter ativo: Recomenda-se que crianças e adolescentes façam ao menos 60 minutos de atividade física moderada diariamente ou quase todos os dias. Lembre-se que as crianças imitam os adultos. Inclua uma atividade física em sua rotina e convide seu filho a lhe acompanhar.

Incentive uma alimentação balanceada: Comer de forma saudável não tem mistério, nem exige sacrifícios. Ofereça variedade de verduras, legumes, frutas e grãos integrais. Prefira leite e produtos lácteos desnatados e carnes magras. Sirva porções de tamanho razoável. Incentive o consumo de água e limite as bebidas açucaradas. Evite doces e alimentos ricos em gorduras saturadas.