A introdução dos alimentos para crianças deve respeitar a identidade cultural e alimentar

O respeito e a valorização da cultura culinária regional são ingredientes que devem estar presentes no cardápio de profissionais de saúde de todo o país. A recomendação é de Patrícia Jaime, coordenadora de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, área responsável pela elaboração do guia "Receitas regionais para crianças de 6 a 24 meses". Na publicação, há sugestões de receitas típicas de cada região adequadas às necessidades nutricionais da primeira infância. Patrícia afirma que pediatras e nutricionistas devem estar preparados para lidar com a diversidade cultural.

A introdução dos alimentos para crianças deve respeitar a identidade cultural e alimentar das diversas regiões, resgatando e valorizando os alimentos regionais, ou seja, as frutas, os legumes e as verduras produzidas localmente, e os hábitos alimentares da família: “Uma boa comunicação significa que existe respeito pelos pensamentos, pelas crenças e pela cultura das pessoas. Os profissionais de saúde devem ser capazes de fazê-lo, mais do que fornecer informações. Faz parte de seu trabalho ajudar as pessoas a analisar as dificuldades e sugerir meios para ajudar a resolver os problemas”, diz Patrícia.

Para Patrícia, há vantagens nessa opção: “Oferecer uma alimentação saudável e culturalmente aceita pelas famílias brasileiras, utilizando alimentos típicos de cada região, favorece uma alimentação saborosa, com preços acessíveis e que respeita a identidade cultural e alimentar do Brasil, contribuindo para promoção da saúde das crianças”, afirma.

Alguns alimentos, porém, ampliaram sua presença em todo o país. Originário da região amazônica, o açaí se tornou muito comum em casas de suco e sorveterias dos quatro cantos do Brasil. O sucesso da fruta, aliado ao risco de contaminação, fez com que os pesquisadores tratassem da frutinha com destaque: “A polpa do açaí é bastante perecível, por isso seu armazenamento deverá ser feito por congelamento (por até três meses) ou de acordo com a data de validade da embalagem. É importante estar atento à data de validade e não consumir a polpa se o prazo estiver vencido. O açaí é um alimento rico em vitaminas e minerais e considerado muito saudável. Porém, ao misturá-lo com outros alimentos como o guaraná natural, caldas açucaradas, entre outros, ele se torna um alimento rico em açúcar. O ideal é consumir a polpa de açaí pura ou misturada apenas com frutas”, ensina Patrícia.

Aprenda a preparar receitas das cinco regiões do Brasil:

Região Norte — Açaí com farinha de tapioca e peixe desfiado

IngredientesMedida caseira
Tapioca4 colheres de sopa
Polpa de açaí5 colheres de sopa
Cebola ralada1 colher de chá
Peixe (posta)1 posta pequena
Sal1 colher de café nivelada
Água1/3 copo de requeijão

Modo de preparo

1. Separar todos os ingredientes e utensílios que serão utilizados;

2. Em uma panela pequena, colocar a tapioca de molho na polpa de açaí por 20 minutos;

3. Levar ao fogo baixo o açaí com a tapioca, a água e o sal;

4. Deixar cozinhar por 5 minutos;

5. Desligar o fogão e servir com o peixe cozido desfiado.

Valor nutricional:

Energia: 421kcal;

Proteína: 14g;

Carboidrato: 51g;

Lipídeos: 18g;

Fibra: 6,2g;

Vitamina A: 0,44mcgEAR;

Ferro: 1,1mg;

Vitamina C: 33,94mg;

Cálcio: 135,16mg;

Zinco: 0,02mg;

Sódio: 195mg.

Região Nordeste — Cozidão maranhense

IngredientesMedida caseira
Carne (patinho ou alcatra ou coxão mole ou músculo — moído ou picado)3 colheres de sopa
Maxixe1 unidade pequena
João-gomes1 colher de sopa rasa
Quiabo2 unidades pequenas
Abóbora descascada e picada3 colheres de sopa
Vinagreira1 colher de sopa
Cebola1 colher de chá
Alho1 colher de chá nivelada
Óleo1 colher de café
Sal1 colher de café nivelada
Água2 xícaras de chá

Modo de preparo

1. Separar todos os ingredientes e utensílios que serão utilizados;

2. Em uma panela de pressão, refogar no óleo a cebola, o alho e a carne cortada em cubos;

3. Acrescentar o sal e a água;

4. Fechar a panela e cozinhar por aproximadamente 10 minutos;

5. Abrir e certificar-se de que a carne já está cozida;

6. Acrescentar o joão-gomes, a vinagreira e os vegetais,̲ partindo do mais resistente e respeitando o intervalo entre eles para que todos estejam cozidos: o quiabo, o maxixe, a abóbora;

7. Ao final, amassar os vegetais com o garfo no prato.

Valor nutricional:

Energia: 150kcal;

Proteína: 17g;

Carboidrato: 5,7g;

Lipídeos: 6,6g;

Fibra: 2,6g;

Vitamina A: 386,96mcgEAR;

Ferro: 5mg;

Vitamina C: 31,9mg;

Cálcio: 140mg;

Zinco: 4,76mg;

Sódio: 238mg.

Região Centro-Oeste — Quibebe de abóbora, frango desfiado e arroz com feijão

IngredientesMedida caseira
Abóbora descascada e picada3 colheres de sopa
Frango cozido desfiado2 colheres de sopa cheias
Arroz cozido (papa)3 colheres de sopa
Feijão cozido e amassado5 colheres de sopa rasa
Alho1 colher de chá nivelada
Cebola1 colher de chá
Óleo1 colher de café
Sal1 colher de café nivelada
Água2 xícaras e meia de chá

Modo de preparo

1. Separar todos os ingredientes e utensílios que serão utilizados;

2. Cozinhar a abóbora, a cebola e o alho picados;

3. Acrescentar a água e cozinhar até desmanchar (25 minutos);

4. Acrescentar o frango cozido desfiado.

5. À parte, cozinhar o arroz e o feijão — seguir o procedimento descrito na página 4.

Valor nutricional:

Energia: 222kcal;

Proteína: 17,42g;

Carboidrato: 24,12g;

Lipídeos: 6,16g;

Fibra: 2,96g;

Vitamina A: 145,23mcgEAR;

Ferro: 2,16mg;

Vitamina C: 8,96mg;

Cálcio: 47,88mg;

Zinco: 1,79mg;

Sódio: 250,3mg.

Região Sudeste — Arroz colorido (ovo, cenoura e abobrinha)

IngredientesMedida caseira
Arroz cru2 colheres de sopa
Ovo1 unidade
Cenoura crua1 colher de sopa cheia
Abobrinha3 colheres de sopa
Alho1 colher de chá nivelada
Cebola1 colher de chá
Óleo1 colher de café
Sal1 colher de café nivelada
Água1 xícara e meia de chá

Modo de preparo

1. Separar todos os ingredientes e utensílios que serão utilizados;

2. Em uma panela pequena, aquecer o óleo e adicionar a cebola, mexer, acrescentar o alho, a cenoura ralada e refogar;

3. Acrescentar o arroz e refogar por mais 30 segundos;

4. Adicionar a água e deixar ferver;

5. Diminuir a chama, cozinhar até a água secar e adicionar a abobrinha ralada;

6. Misturar e verificar se o arroz está amolecido;

7. Se for necessário, adicionar mais água;

8. À parte, cozinhar o ovo, em água fervente, por 12 minutos;

9. Misturar o ovo picado ao arroz e servir.

Valor nutricional:

Energia: 199kcal;

Proteína: 8,4g;

Carboidrato: 21g;

Lipídeos: 9g;

Fibra: 1,6g;

Vitamina A: 839,15mcgEAR;

Ferro: 1,91mg;

Vitamina C: 7,64mg;

Cálcio: 49,07mg;

Zinco: 0,75mg;

Sódio: 270mg.

Região Sul — Sopa de lentilha com carne bovina e espinafre

IngredientesMedida caseira
Lentilha crua1 colher de sopa
Carne (patinho ou alcatra ou coxão mole ou músculo — moído ou picado)3 colheres de sopa
Espinafre½ xícara de chá
Alho1 colher de chá nivelada
Cebola1 colher de chá
Óleo1 colher de café
Sal1 colher de café nivelada
Água1 xícara e meia de chá

Modo de preparo

1. Separar todos os ingredientes e utensílios que serão utilizados;

2. Em uma panela pequena, adicionar o óleo, a cebola e o alho;

3. Acrescentar a carne e cozinhar por 30 segundos;

4. Juntar a lentilha, o sal e a água, e cozinhar por 20 minutos;

5. Se for necessário, adicionar mais água;

6. Por último, adicionar o espinafre picadinho;

7. Servir com batata cozida

Valor nutricional:

Energia: 189kcal;

Proteína: 17g;

Carboidrato: 6g;

Lipídeos: 6,2g;

Fibra: 2,2g;

Vitamina A: 123,09mcgEAR;

Ferro: 3,72mg;

Vitamina C: 18,65mg;

Cálcio: 45,59mg;

Zinco: 4,3mg;

Sódio: 248mg.

Saiba mais em http://189.28.128.100/nutricao/docs/geral/preparacoes_regionais.pdf

Fonte: MINISTÉRIO DA SAÚDE. Receitas Regionais para crianças de 6 a 24 meses. Brasília, 2010.