Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pelo menos 15% das crianças brasileiras de 5 a 9 anos estão obesas e 33,5% têm excesso de peso. Esses dados são assustadores, pois a estimativa é de que esses números cresçam de 1 a 2% ao ano. Essa epidemia é consequência não apenas dos maus hábitos alimentares infantis, mas também do sedentarismo. Diante disso, o primeiro passo é saber se a criança está acima do peso. Todavia, como nem sempre é fácil para os pais reconhecerem isso, o pediatra Hélio Rocha, chefe do Serviço de Nutrologia Pediátrica do Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (UFRJ), aponta dez sinais de que seu filho pode estar em risco para obesidade, doença que pode causar sérios danos à saúde.

 

Fique atento:

– Ele perde roupas muito rapidamente e as solas dos sapatos gastam com facilidade.

– Crianças acima do peso se cansam mais facilmente. Geralmente, elas não gostam de brincadeiras de correr e preferem assistir à TV e passam mais tempo diante de tablets, celulares e outros dispositivos eletrônicos.

– Costumam fazer vários lanches entre as refeições principais e têm acesso fácil à geladeira. Quando confrontados, alegam que sentem fome! Mencionam ter sede, mas procuram refrigerantes, refrescos, sucos e bebidas doces em vez de água.

– Dormem tarde, depois das 22 horas. Como ficam acordados até altas horas, habitualmente beliscam comidas e fazem lanches depois do jantar. Dormem mal, com sono agitado e ronco. Têm muito sono.

– Possuem gordurinhas visíveis na barriga, nos braços e nas pernas.

– Ganham dos amigos e da família apelidos relacionados ao peso, como fofinho ou gordinho.

– Comem sobremesas sempre. Têm balas e outras guloseimas disponíveis e acessíveis pela casa inteira. Fazem birras e cobram por comida ou guloseimas frequentemente.

– Geralmente apresentam cáries.

– Em passeios, ou em datas comemorativas solicitam com veemência ir a restaurantes fast-food. Sabem todos os tipos de comidas que eles oferecem.

– Têm vergonha de usar roupa de praia, e estão sempre com roupas que cobrem o corpo em ambientes ao ar livre, como campo, praia e piscina.