Quer uma vida saudável para o seu filho? Foco na alimentação nos primeiros dois anos de vida. É nessa fase que são formados os hábitos alimentares. A atenção dada nos primeiros 24 meses é fundamental para reduzir o risco de doenças como obesidade, pressão alta e diabetes ainda na infância. É preciso saber o que pode ou não ser oferecido à criança nesse período. Sem esquecer, claro, de dizer não, sempre que necessário, quando ela ainda não estiver na idade de escolher o que quer comer. 

Nos primeiros dois anos, não dê alimentos com altos teores de açúcar e sal. Pode parecer exagero, mas não é: o hábito criado nessa fase se mantém na vida adulta. Doces e comidas condimentadas fazem com que a criança não se interesse por frutas, verduras e legumes crus. Principalmente nessa fase, evite açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos, biscoitos recheados e outras guloseimas ricas em gordura e corantes.

Portanto, a informação é a principal aliada nessa jornada, principalmente quando se sabe que há armadilhas no meio do caminho. “Muitas famílias pensam: se o suco é saudável, vamos liberá-lo para a criança várias vezes por dia. Assim, acabam substituindo a água por suco, água de coco, chás, e a criança vai se acostumando cada vez mais a sabores diferentes do da água. Aí ela não quer mais beber água”, alerta o pediatra Naylor Alves de Oliveira, pesquisador do Departamento Científico de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). 

  

Fontes: Ministério da Saúde e pediatra Naylor Alves de Oliveira.