Os pães – alimento muito usado no preparo do lanche das crianças – são nutritivos e saborosos, mas, em excesso, podem favorecer o aumento de peso. Pensando nisso, pedimos a nutricionista Luciana Sarmento, especializada em nutrição pediátrica e da Cores Playgym Educação Infantil e do Espaço Stella Torreão, dicas para substituir esse alimento no dia a dia e deixar a lancheira ainda mais nutritiva. Comprove:

 

Milho - Coma a pipoca caseira ou o milho cozido, são ótimos substitutos do pão. Faça a pipoca na panela, com um pouquinho de azeite. Nas duas formas, podem vir acompanhados de um potinho de muçarela de búfala e uma água de coco.

Castanhas - Uma colher de sopa, mais ou menos, pode ser o suficiente para, junto de um iogurte e uma porção de damasco, ser um lanche ideal. Atenção: algumas crianças podem ser alérgicas!

Pães caseiros - Quanto mais artesanal e integral, melhor! Use cereais, como aveia, quinoa, amaranto e chia, como farinha para vários tipos de pães de liquidificador.

Chips - Na versão caseira ou até industrializada são uma boa opção também. Para comprar pronto, confira a embalagem: se disser “assado”, provavelmente é uma boa opção. Fuja dos rótulos que trazem a expressão “óleo vegetal”, pois, em geral, são fritos. Para fazer em casa, use inhame ou batata-doce. As crianças adoram! Corte em fatias bem fininhas e coloque em uma assadeira, uma ao lado da outra, sem deixar que fiquem sobrepostas. Coloque um pouco de sal para absorver a umidade e um pouquinho de azeite. Deixe no forno a 180 a 200 graus até ficarem crocantes. 

Panquecas caseiras - Use a imaginação. Misture cereais (aveia, quinoa, amaranto e chia) e recheie com um queijo mais saudável, como a muçarela de búfala ou uma pasta de ricota com tomate e orégano! 

Evite as bisnaguinhas, mesmo as integrais - Às vezes, o lanche parece ótimo, mas não é. É o caso do trio: bisnaguinha com peito de peru, barrinha de cereal e suco. A bisnaguinha não é uma boa opção, pois, normalmente, tem como ingrediente principal (além da farinha) o açúcar! Por isso, as crianças gostam tanto. Mesmo na versão integral, o ingrediente de maior quantidade costuma ser a farinha branca. Então, é bom evitar. O peito de peru é uma verdadeira salsicha disfarçada: leva restos do peru, muito sódio, muito açúcar e componentes de “nomes esquisitos” que também devemos evitar: estabilizantes, corantes, realçadores de sabor. Uma boa barrinha de cereal só é escolhida com uma leitura atenta dos ingredientes: não compre aquelas que trazem o açúcar logo no início! Para o suco, é importante passar longe dos industrializados. Além disso, é bom misturar os sucos naturais com alguma fibra (como o suco de abacaxi com hortelã) ou substituí-los pela fruta em si, o que garante o consumo de fibras.