Estudos desenvolvidos há uma década têm demonstrado que açúcar, gordura e sal podem causar vício alimentar. Segundo a professora e pesquisadora da Universidade de São Paulo Ana Lydia Sawaya, esse problema precisa ser tratado com o mesmo cuidado que merece a dependência em álcool, tabaco e cocaína, entre outras drogas. Para a especialista, que participou do Fórum de Obesidade Infantil, no Rio de Janeiro, isso envolve acompanhamento multidisciplinar e políticas públicas que restrinjam a propaganda e o acesso a esses alimentos.